sexta-feira, setembro 19, 2008

Fechar maternidades para abrir clínicas de aborto


Margarida nasceu na madrugada de ontem numa ambulância dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz. Foi o 11.º bebé a nascer fora de uma maternidade, desde o encerramento do bloco de partos do Hospital Distrital da Figueira, em Novembro de 2006.
Perante factos não existem argumentos, e fica provado que o fecho da maternidade da Figueira da Foz foi um erro, que os figueirenses estão a pagar bem caro.
No entanto convém ter presente que a politica governamental de apoio à maternidade permite que no Hospital desta localidade se possam fazer abortos.
Nada mais claro, este governo fecha maternidades para abrir clínicas de abortos.

Etiquetas:

1 Comentários:

Blogger Dr.Régio Moura escreveu...

...e eu espero que,um dia,os responsáveis sejam julgados e condenados,por crimes contra a humanidade!

9/22/2008 11:02:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Entrada