quinta-feira, fevereiro 08, 2007

ABORTO NA PRIMEIRA PESSOA - I



Este episódio é atribuído a Miguel Torga (pseudónimo de Adolfo Correia Rocha), que viveu durante o século XX, e que para além de um grande escritor, era também médico.

Certo dia, estava Miguel Torga no seu consultório, quando uma senhora do campo lhe bateu à porta.

- Sr. Dr. estou desesperada! Preciso da sua ajuda! Estou outra vez grávida e não tenho hipótese de sustentar mais uma criança! Preciso que me liberte deste problema!

- Com certeza que ajudo! Afinal, eu sou médico! - Respondeu Miguel Torga.

Miguel Torga olhou para a senhora e seus filhos com um semblante sério.
Olhou nos olhos de cada um dos seus filhos. Escolheu um dos mais novos e deu-lhe a mão, trazendo-o para o seu lado. De seguida, enfrentou a senhora (Mãe) e disse-lhe:

- Pronto, já está! O seu problema está resolvido! Pode ir descansada! Eu fico com este seu filho. Assim já terá capacidade para criar mais um!

História via Não Obrigada

9 Comentários:

Anonymous "Sim, pela obrigação de imitar Jesus" escreveu...

Quantos vendilhões da moral não teria o Cristo de desancar se descesse hoje à terra?

2/08/2007 12:11:00 da tarde  
Blogger JSarto escreveu...

"Sim, para imitar Jesus?" - É preciso ter uma audácia verdadeiramente diabólica para proferir tão abjecta monstruosidade!

2/08/2007 04:54:00 da tarde  
Blogger JSarto escreveu...

Este comentário foi removido pelo autor.

2/08/2007 04:54:00 da tarde  
Blogger JSarto escreveu...

Este comentário foi removido pelo autor.

2/08/2007 04:54:00 da tarde  
Anonymous Demokrata escreveu...

Desculpem-me os moralistas, mas considero evidente a presença de Jesus na atitude de Miguel Torga.

2/08/2007 05:37:00 da tarde  
Blogger JSarto escreveu...

Demokrata, não sou moralista no sentido em V. utiliza esse termo, nem me referia à nobre atitude de Miguel Torga, como é óbvio; pretendia antes aludir ao artigo que o comentador que me precedeu aqui ligou, e onde se defende o aborto evocando o exemplo de Cristo (carregue sobre "Sim, pela obrigação de imitar Jesus" e leia...)

2/08/2007 07:32:00 da tarde  
Anonymous Demokrata escreveu...

Caro JSarto, peço desculpa se não me expressei convenientemente, mas pretendia aludir aos moralistas "católicos" do "Sim" a imitar Jesus, tal como Miguel Torga o fez.

2/08/2007 07:58:00 da tarde  
Anonymous Anónimo escreveu...

E ao filho da sra. grávida que ficou com o Torga, alguém lhe perguntou se queria ficar com o Torga? Ahhh....

2/09/2007 03:50:00 da manhã  
Blogger JSarto escreveu...

Obrigado, caro Demokrata.
Em relação ao último anónimo: E às ccrianças abortadas, alguém lhes pergunta se querem ser abortadas? Ahhh...

2/09/2007 01:23:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Entrada