segunda-feira, dezembro 04, 2006

'Não' vai vencer na Pérola do Atlântico

Jardim diz que vai votar 'Não' no referendo ao aborto:
"Se a Constituição diz que a vida humana é inviolável, não percebo como se pode fazer um referendo sobre esta matéria", disse Jardim à margem da cerimónia de donativos da Fundação Social-Democrata da Madeira a várias instituições. E acrescentou: "considero que o referendo é inconstitucional, mas nós temos o Tribunal Constitucional que temos e não vale a pena bater em coisas que estão desprestigiadas".
"Vou votar 'Não'", afirmou o governante madeirense, adiantando discordar também da forma como a questão será colocada no referendo. "O termo interrupção é ridículo porque só se interrompe uma coisa que vai ser continuada e aqui trata-se da destruição da vida humana", salientou. Jardim realçou igualmente que a palavra "interrupção", serve apenas para "deitar poeira nos olhos dos incautos".

3 Comentários:

Anonymous Anónimo escreveu...

Jardim esta indeciso ainda não sabe se tem tempo de ir votar por causa dos preparativos para o Carnaval.

12/05/2006 10:35:00 da manhã  
Anonymous Campos Elísios 202 escreveu...

Infelizmente, esse indivíduo desprestigia qualquer causa. Antes votasse Sim...

12/05/2006 01:55:00 da tarde  
Blogger Vera escreveu...

É a primeira vez que vejo o Sr. Jardim a dizer coisas tão boas... Surpreendeu-me bastante, pela positiva.

12/06/2006 04:17:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Entrada