segunda-feira, outubro 30, 2006

Governos nada fazem perante diminuição populacional portuguesa

Não há muito tempo o presidente da Associação Portuguesa de Demografia explicou publicamente que a diminuição da população portuguesa terá no futuro "consequências tremendas" e lamentou que nenhum governo tenha tomado medidas para inverter esta tendência.
Segundo o demógrafo, a diminuição populacional não pode ser vista como benéfica e, pelo contrário, as sociedades têm de estar sempre em crescimento. Trata-se, garante, de uma "lógica terrível", em que "perder velocidade" demograficamente implica perdê-la também económica e socialmente.
Recorde-se que projecções do Instituto Nacional de Estatística (INE) indicam que em 2015 haverá menos um milhão de portugueses (cerca de nove milhões), e que em 2050 a população descerá para os 7,5 milhões.
Ainda de acordo com o presidente da APD, "o Estado tem de promover medidas que incentivem os casais a terem mais filhos", "mas não vejo ninguém, não vejo nenhum governo preocupado com isso".
Conclusões dos demógrafos? Assim apenas se vê a imigração como solução.
Será essa a "única alternativa" que temos diante de nós?

8 Comentários:

Anonymous Teresa escreveu...

Já pensaram em apoiar a ilegalização de todo e qualquer método contraceptivo! Isso é que iria ser um fartote de nascimentos!
Porque não me vão dizer que umas das justificações para o NÃO ao aborto é o decréscimo da taxa de natalidade!!
Eu não vou mudar a minha opinião, nem o meu voto neste referendo (SIM), mas gostaria de pelo menos continuar a respeitar a vossa opinião!

10/30/2006 08:36:00 da tarde  
Blogger Camisa Azul escreveu...

Teresa

Por mim nada tenho contra os métodos contraceptivos, nem contra a actual lei.
Como vê não é por ai que vamos.
Não se esqueça de ar hoje um beijo à sua mãe, ela foi uma grande mulher quando decidiu sobre a sua vida.

10/30/2006 09:30:00 da tarde  
Blogger Pedro Almeida escreveu...

Nenhuma das nossas mães decidiu, pois o aborto era ilegal, era obrigação terem-nos.
Só quando for legal é que se poderá agradecer às futuras mães, pois aí terão tido a possibilidade de escolher.
Percebeu ou quer um desenho ?

Teresa, respeitar a opinião ? Vá ver os outros blogs destes senhores e depois venha falar de respeito.

10/30/2006 10:26:00 da tarde  
Blogger Manuel escreveu...

Precisamente.
Por mim, está convidada a ir visitar o meu.
Sem ironias.

10/30/2006 10:36:00 da tarde  
Blogger Irredutível escreveu...

Veja muitos blogues que por aí proliferam, veja a sua opinião e reflita sobre o respeito que tem pela vida humana!

10/31/2006 12:38:00 da manhã  
Anonymous Anónimo escreveu...

"Veja muitos blogues que por aí proliferam, veja a sua opinião e reflita sobre o respeito que tem pela vida humana!"

Comece precisamente pelo deste senhor e siga as ligacoes que la encontrar...vai ver que vai dar a sitios muito interessantes tipo neo-nazismo e perolas similares...

10/31/2006 08:20:00 da manhã  
Anonymous Teresa escreveu...

Precisamente por não ser "por aí que vamos", é que só uma ironia coloca o argumento do decréscimo demográfico no lugar que merece, ridículo! E nem me vou dar ao trabalho de responder à tentativa de chantagenzinha psicológica. Não funciona!

Agora quanto ao meu respeito pela vida humana, garanto que é o máximo possível. Mas que seja vida desejada e condigna. E inclui vida amarela, branca, castanha, vermelha, do norte, do sul, do leste, do oeste! Capisci?!

11/01/2006 10:27:00 da tarde  
Anonymous Anti-Facho escreveu...

Continuem com o bom trabalho senhores...por favor os seguintes senhores que produzam mais postas:

Cao Danado
Irredutivel
Vitor Ramalho
Manuel
Demokrata

Continuem a boa luta

Sieg Heil

11/02/2006 08:38:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Entrada