domingo, outubro 22, 2006

Antes das 10 semanas e depois das 10 semanas

Quando comecei a frequentar esta coisa da blogosfera, lembro-me de ver publicado no recomendável Último Reduto (então alojado no servidor Weblog.com.pt) um cartoon sobre o aborto. Era composto por dois desenhos de um feto. Dois desenhos rigorosamente iguais. Sob os bonecos, duas legendas. Uma dizia antes das 10 semanas. A outra depois das 10 semanas.

Achei o cartoon fantástico. Na realidade, é nisto que reside o cerne da questão do aborto. Na lei que agora se impinge ao povo português, pretende-se a liberalização do aborto até às 10 semanas de gestação. Até essa data a criança não é considerada sequer um ser vivo. Fará sentido legislar sobre o início da vida? Porque razão um dia antes das 10 semanas esta nova lei não reconhece a existência de um ser humano e um dia depois já o faça? Qual a diferença entre um feto com 9 semanas e meia e outro com 10 semanas e um dia? Fará algum sentido?

1 Comentários:

Blogger Vanguardista escreveu...

Não, não faz sentido, e é por causa disso que, depois de conseguirem a legalização ou liberalização ou lá o que é, até às 10 semanas, vão começar a pedir as 12 semanas, as 16, as 20...

10/23/2006 04:06:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Entrada